Acaba com a procrastinação com estes 5 truques

Queres receber mais dicas-ninja deste género? Temos conteúdo para gente dinâmica e activa como tu. Sabe mais aqui.

A luta constante entre as pessoas e o hábito da procrastinação remonta ao oitavo século a.C., numa altura em que já o poeta grego Hesiódo considerava este hábito como detestável, aconselhando os seus seguidores a “não adiar o trabalho para amanhã ou para o dia seguinte”.

Definida como o hábito incontrolável de adiar a execução de uma determinada tarefa para um momento futuro, a procrastinação crónica deverá afetar cerca de vinte porcento das pessoas. Hoje em dia, consegue ser algo tão intrínseco que na maior parte dos casos o procrastinador nem consegue ter noção da quantidade de tempo gasto a pensar na melhor altura para avançar com uma nova tarefa, em vez de a começar efetivamente.

No mundo académico, este hábito pode ter efeitos particularmente catastróficos ao nível do desempenho do estudante. Não só no sentido mais lato do conceito, mas também quando conjugado com o mundo digital. Toda o estudante sabe o que é abrir o portátil durante uma sessão de estudo para esclarecer determinada dúvida, apenas para constatar largos minutos depois que já percorreu todas as redes sociais ou leu dezenas de páginas aleatórias na Wikipédia.

Para te ajudar a contrariar este mal, preparámos uma lista de opções a considerar para minimizares o efeito da procrastinação na tua vida académica, maximizando a produtividade no tempo que já sabemos ser sempre curto.

Usa um bloco de notas

Usar o teu telemóvel para tirar notas pode significar perderes demasiado tempo com distrações provocadas pelo constante bombardeamento de notificações. Usar um bloco de notas para apontamentos importantes vai permitir-te estares mais concentrado. Em adição, vários estudos indicam que escrever notas à mão é uma excelente forma de aumentar a retenção de informação e aprender novos conceitos.

Define metas

Estabelecer objetivos pode ajudar a reorganizar as tuas prioridades e a perceber especificamente aquilo que tens de fazer no momento. Descarrega o teu cérebro de todas as atividades que tens de fazer num determinado dia, para que te possas focar devidamente em cada uma delas sem te esqueceres de nada.

Divide grandes tarefas em problemas mais pequenos

Muitas vezes, adiamos o começo de determinada tarefa por nos sentirmos sobrecarregados pela sua envergadura. Dividir um trabalho em partes mais pequenas e rápidas de realizar vai permitir-te ganhares noção do faseamento daquilo que tens de fazer, enquanto te motivas por ires atingindo objetivos intermédios.

Faz às coisas à primeira

Sempre que possível, arruma uma determinada questão mal tenhas oportunidade. Se apenas são necessários alguns minutos para responder a um e-mail, porque adiar para uma altura em que possivelmente estarás mais atarefado?

Aprende a dizer não

Por mais tentador que seja determinado convite ou proposta, as prioridades devem manter-se no topo da tua lista. Aprender a recusar determinadas atividades enquanto precisas de fazer outras coisas é uma das capacidades mais importantes se queres aumentar o teu grau de produtividade e diminuir o tempo que passas a procrastinar.

No quotidiano, existem sempre formas de recusar o começo de uma atividade que nos faça sair da zona de conforto. Arrancar com um novo projeto, trabalho, ou atividade pode ser desafiante ao início, mas no momento em que abraçares esse novo desafio, vais questionar-te o que é que te fez levar tanto tempo a deitar mãos à obra.

Queres receber mais dicas-ninja deste género? Temos conteúdo para gente dinâmica e activa como tu. Sabe mais aqui.

Registration formpowered by Typeform